quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Miniatura Marvel Nº 10 - Dr. Destino

Miniatura Marvel Nº 10 - Dr. Destino

Uma das gratas surpresas que tive semana passada foi a chegada do Nº 10 da Coleção de Miniaturas Marvel em minha casa. Surpreendi-me bastante com os detalhes, robustez e peso desta miniatura que caracteriza o clássico, temido e conhecido vilão do Quarteto Fantástico: Dr. Destino. Destino na verdade é Victor Von Doom um brilhante garoto que viria a se tornar o soturno vilão que sempre rivalizou em inteligência com Reed Richards (Sr. Fantástico) do Quarteto Fantástico. Aliás, vale dizer que Richards foi seu "colega" de universidade e um dos poucos que, genuinamente, já quis ser amigo de Von Doom. Os dois se conheceram ainda na Universidade Empire State. Arrogante e pretencioso, Victor Von Doom seria vítima de uma experiência científica arquitetada por ele mesmo que dá errado. Seu rosto seria desfigurado e isso acentuaria mais ainda sua mente desejosa de poder e conquistas megalomaníacas.

Miniatura Marvel Nº 10 - Dr. Destino

Victor nasceu pobre em um acampamento cigano no frio país europeu chamado "Latvéria". Filho de ciganos perseguidos ele teria seus pais mortos quando ele era muito jovem. Sua tenaz e brilhante mente o conduziria pelos labirintos do ódio, porém ao mesmo tempo ele nutriria um sentimento de justiça e compaixão pelos pobres e oprimidos cidadãos da Latvéria. Esse amálgama de sentimentos daria à Von Doom uma personalidade complexa e muito interessante de ser observada nas diversas histórias de confronto entre ele e o Quarteto Fantástico. De volta ao seu país após o acidente que desfigurara seu rosto, Von Doom empreende uma campanha de conquista bem sucedida na Latvéria transformando-o em senhor absoluto daquele país. Capaz de atos de crueldade imensos contra os demais habitantes da Terra, Von Doom seria adorado pelos cidadãos da Latvéria como um ditador generoso e justo. Essa grande dualidade é na verdade uma grande característica de diversos despotas que já passaram pela história da humanidade no mundo real. E nisso está a grande genialidade de Stan Lee e Jack Kirby (criadores do Dr. Destino), a grande dupla responsável, junto com outros artistas, pelo ressurgimento dos quadrinhos no final da década 50, o que ficou conhecido como Era de Prata dos Super-Heróis.

Miniatura Marvel Nº 10 - Dr. Destino

Lee e Kirby acertaram sobretudo no visual de Destino. A presença de sua máscara de ferro que encobre não apenas um rosto desfigurado, mas também uma alma deformada, traz a aura dos carrascos da idade média que tanto habita o imaginário coletivo. Como podemos ver a criação de um personagem não é algo simples. Embora envolva um pouco de sorte e oportunismo ela é fruto de mentes criadoras que conseguem sintetizar aspectos visuais e psíquicos que, uma vez concentrados em uma mesma figura, catalizam a essência de "tipos" reais que estão à nossa volta no mundo real.

Miniatura Marvel Nº 10 - Dr. Destino

Eu não poderia deixar de fazer alusão à alguns personagens famosos da literatura que tem muito do Dr. Destino. Dentre eles gostaria de citar alguns criados pela inventiva mente de Julio Verne. No romance "Robur - O Conquistador" de 1885, Julio Verne nos apresenta um homem desiludido da humanidade e disposto a ataca-la e destrui-la pelo bem maior. Em sua fortaleza voadora Robur empreenderia ataques mortíferos à diversas capitais do mundo, matando milhares de pessoas, na tentativa de forçar os governantes do mundo à abdicarem de seus arsenais de armas. Outro personagem que traz muito do Dr. Destino é o ""Capitão Nemo" do romance "20.000 Léguas Submarinas". Dentro de sua fortaleza marítima, Nemo almeja objetivo semelhante ao de Robur, deixar a humanidade de joelhos ante à sua visão de mundo. Victor Von Doom traz sentimento um pouco semelhante à esse aplicado ao seu povo da Latvéria.

Miniatura Marvel Nº 10 - Dr. Destino

A miniatura de Destino é fenomenal. Toda essa aura de crueldade, liderança e inteligência pode ser depreendida da figura. Os detalhes são muito vistosos. A começar pelas ondulações da capa, reproduzidas fielmente no metal. A armadura também está bem representada, lembrando as armaduras dos cavaleiros medievais. Suas articulações estão bem visíveis nos joelhos e cotovelos. A ideia de Lee e Kirby pode muito bem ser observada, ou seja, a necessidade de um distanciamento proposital do personagem à tudo que possa ser chamado de humano. Sua vontade de ser superior aos outros e sua pretensão de conquista também estão ali representadas. O detalhe do capuz, embora pareça simples, relembra a origem de Victor, ou seja, os ciganos europeus, tão perseguidos e sofridos.

Miniatura Marvel Nº 10 - Dr. Destino

Caso você esteja garimpando apenas as melhores miniaturas dessa coleção essa é uma que não dá para perder. Um grande abraço a todos!

18 comentários:

  1. Se essa chegar à Cidade onde moro, compro! Essas figuras mais "robustas" são muito bonitas. No caso de Doom, a armadura e a capa conferem essa robustez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Kleiton. Essa é uma que vale a pena!

      A questão da capa para mim é fundamental. A forma como ela foi moldada está praticamente perfeita. Incluindo as ondulações.

      Outra mini que acho que terá a capa assim também é a do Thor.

      Abção!

      Marcelo.

      Excluir
    2. eu perdi esse boneco como faço marcelo?

      Excluir
    3. Olá João Paulo...

      Tudo bem?

      Olha... É possível encontra-la em alguns lugares. O 1º, e talvez menos recomendável, é no mercado livre, pois o pessoal lá é sem noção e pede valores altíssimos para cada peça.

      Uma 2ª opção é ficar atento ao site da Comix (http://www.comix.com.br) pois lá sempre eles colocam à venda algumas miniaturas antigas.

      Uma 3ª opção é estar atento também à Loja Oficial da Eaglemoss pois eles estão iniciando a comercialização de peças via on-line (http://lojaeaglemossbrasil.com.br/eaglemoss/vitrines/Colecao-Miniaturas-Marvel-Figurines.aspx?p=2) e logo logo o Dr. Destino deverá estar disponível para venda.

      Uma 4ª opção é dar uma garimpada em São Paulo capital. Há muitas bancas principalmente na Av. Paulista que vendem peças mais antigas. No centro da cidade também.

      Uma 5ª opção é importa-la. Eu já comprei várias coisas do site TFAW (http://www.tfaw.com/). Vale muito a pena. Mesmo com o frete a peça sai praticamente pelo mesmo valor do que é vendida aqui e eu nunca fui taxado pela receita.

      Valeu João!!

      Marcelo.

      Excluir
  2. Excelente matéria, Marcelo!!!

    de fato, essa figura é a mais imponente de toda a coleção até agora. o Destino impõe presença mesmo, hein??

    notei q é uma das + pesadas da coleção tbm... e acho q a capa dele é q pesa bastante. Acho q todos os personagens q tiverem capa serão + pesados q a média!!!

    e putz, me deu vontade de ler o livro do "ROBUR".... pena q não existe no formato de bolso!!!

    qdo li 20.000 léguas... tbm saquei q o NEMO serviu de inspiração pro Destino (são mto parecidos em personalidade e motivações pessoais). Por outro lado, sempre achei q o "Darth Vader" tbm se inspirou diretamente no Destino (e não só visualmente)!!!

    a Fênix eu pulei... tô no aguardo agora do "Homem de Ferro"!!!

    Abs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leo... Beleza?

      Realmente essa miniatura impressiona pelas suas características. Creio que você tem razão ao associar o peso da miniatura a existência ou não da capa, pois para fazê-lá é necessário mais metal.

      Olha... o Robur na verdade eu conheci em um filme que leva o mesmo nome do livro: Robur - O Conquistador. Esse filme é bem antigo (dos aos 50 - 60 creio eu). Mas vale a pena assistir.

      20.000 Léguas Submarinas eu lembro muito também de um filme. A Disney fez um filme desse livro, alias inesquecível, estrelado por ninguém menos que Kirk Douglas em seus áureos tempos de juventude. Vale a pena assistir. Eu ví no cinema quando eu era pequeno no final dos anos 70. Meu tio me levou. Nem sei se existe em DVD.

      Realmente eu não tinha feito essa comparação entre Dr. Destino e o Darth Vader... Mas vc tem razão, toda essa dualidade está ali nesse personagem também.

      Já estou com a Fênix. Realmente ela é bem menos chamativa que algumas outras minis da coleção. Mas isso é uma coisa legal também, o fato dos personagens serem feitos com o biotipo real de quando foram criados, ou seja, possivelmente a Jean Grey é assim mesmo na concepção dos criadores, mais mirradinha.

      Abção!

      Marcelo.

      Excluir
  3. Bom dia, Marcelo!

    Como sempre, uma magnífica postagem acerca das miniaturas MARVEL e, apesar de não conhecer o personagem, gostei dela e é facilmente identificável o esmero com o qual ela foi trabalhada. Esses produtos realmente estão mostrando que foram feitos com capricho, talvez essa produção não tenha sido algo tão fácil assim.

    E novamente o cenário diz tudo!!!! Tudo de bom!

    Abraços. Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Fabiano! Brigadão mesmo!!

      Quis ambientar a figura em um cenário em que glaciais fossem vistos atrás, paisagens essas muito comuns em países do leste europeu, local onde possivelmente a Latveria se localiza.

      Acho que o olhar que se dá para alguma coisa é tudo. Podemos alias achar beleza em locais mais comuns possíveis, é só termos esse olhar mais apurado que dá pra achar essa beleza em pequenos detalhes de nosso cotidiano. Quando a miniatura é colocada em uma ambiente assim e se faz um bom close ela se transforma, não é mesmo?

      Valeu mesmo Fabiano!

      Gde. Abc.

      Marcelo.

      Excluir
  4. Oi Marcelo, outra postagem para ler e guardar. Como este personagem Dr. Destino é interessante. Fico pensando como as frustrações contribuem para o nascimento dos vilões. Vemos muito isso no universo dos quadrinhos. E o interessante é que outras dificuldades da vida favorecem o surgimento de heróis como no caso do Homem-Aranha e do Batman.
    Parece que o sofrimento de alguma forma faz aflorar de dentro da pessoa o que ela tem. Se a índole for má, teremos um vilão, se a essência da pessoa for boa poderemos ver nascer um herói. E no mundo real também vemos um pouco disso.

    Estou adorando ver suas matérias sobre as peças de sua coleção. Um verdadeiro tesouro. Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulo! Sempre muito bom tê-lo por aqui!

      Obrigado pelo comentário e palavras tão boas.

      É verdade... O Dr. Destino é bem interessante mesmo. Sua personalidade possui diversos tons que passam pela crueldade, compaixão e justiça, porém tais sentimentos nele são bem seletivos.

      Concordo com você... Acho que o sofrimento acaba depurando mesmo o que se tem dentro de nós. Interessante sua forma de pensar sobre a essência de cada um vir a tona ante o sofrimento, tendo a concordar com você. Outra coisa interessante é o paralelo que podemos fazer entre esses personagens dos quadrinhos e aqueles que temos na vida real. Acho que tem muito a ver.

      Obrigado pela participação! Sempre super bem vinda e enriquecedora.

      Abção!! Marcelo.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Valeu Fabiano! Valeu mesmo!

      Minha idéia é sempre estarmos por aqui debatendo e conversando como bons amigos.

      Gde. Abc.

      Marcelo.

      Excluir
  6. Oi Marcelo!
    As cores fortes e escuras da miniatura ficou bem legal! E a postagem ficou muito bem explicada sobre o Dr. Destino e sobre a miniatura dele! Parabens!
    Abçs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Rafael.

      A mitologia do Destino é bem rica mesmo. As revistas que acompanham essas miniaturas valem muito a pena. Trazem muita informação interessante sobre o pesonagem.

      Poderíamos, como disse acima, fazer vários paralelos entre o Von Doon e diversos personagens da vida real!!

      Gde. Abc.

      Marcelo.

      Excluir
  7. Respostas
    1. Opa! Legal que gostou Gustavo.

      Vou tentar dar uma acelerada com as postagens das fotos das miniaturas. Já estamos na "Elektra" Nº 17 e acabei de postar a "Tempestade", Nº 14.

      Está colecionando também?

      Bom... Para mim, como vc pode ver, está sendo algo bem legal ter essas estatuetas.

      Abção.

      Marcelo.

      Excluir
  8. Consegui comprar as miniaturas do Magneto e Doutor destino esse final de semana (Ainda bem! Já estão ficando raras por serem das primeiras numerações), e notei que a pintura de ambas é um pouco diferente das demais peças da Marvel.
    Elas possuem uma espécie de verniz na finalização, que dá um efeito muito legal.

    Miniatura nota 10.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa... Legal Tiago!

      São peças muito legais!!

      Eu particularmente achei a do Dr. Destino incrível, sobretudo em função da longa e ondulada capa.

      Parabéns!

      Marcelo.

      Excluir